“Ter chegado até aqui é uma vitória gigante”, agradeceu Laís Yasmin

A cantora que estava prestes a desistir da carreira, já tem shows agendados para o fim do ano

Na disputa entre Laís Yasmin e Léo Pain, duas das vozes do time de Michel Teló, foi o rapaz quem levou a melhor. Mesmo sem os 20 pontos creditados pelo técnico, o cantor já tinha 65,71 pontos na escolha do público. Por sua vez, Laís conquistou 34,29 pontos. Isa Guerra, Kevin Ndjana e Érica Natuza também estão na final que será nesta quinta-feira (27).

“Ter chegado até aqui é uma vitória gigante”, agradeceu Laís. Até chegar à semifinal, a cuiabana colecionou vitórias e elogios dos técnicos que sempre enalteceram seu talento. E foi longe, pois como disse em entrevista ao LIVRE, já cogitava desistir da carreira musical, quando deu a última cartada ao se inscrever no The Voice Brasil. E o jogo mudou. Já no início de sua apresentação, o apresentador Tiago Leifert disse que ela já tem shows agendados para o Natal e Ano Novo.

Questionada por nossa reportagem sobre a escolha da música desta noite, ela desconversou pois não podia revelar. Valeu a surpresa! Foi empolgante ouvir as primeiras notas da música escolhida por Laís Yasmin na semifinal. A cantora cuiabana escolheu mais um clássico inspirador, Let it Be, dos Beatles.

E mais uma vez, a afinação da cantora foi alvo de elogio. “Essa menina… Impecável a apresentação dela. Eu vou em um show dela”, afirmou Ivete. Léo Pain, cantou “A Hora É Agora”, da dupla Jorge e Mateus.

Na semifinal, o voto do público foi fundamental na decisão dos finalistas. Na regra da semifinal, enquanto os oito cantores se apresentavam ao vivo, o público votava em casa nos favoritos de cada time. Ao final, a porcentagem da votação era revertida em pontos.

Depois que os dois de cada time cantavam, a votação era encerrada. Sem que soubessem a escolha popular, os técnicos atribuíam 20 pontos a um apenas um dos cantores de seu time. Os que alcançaram mais pontos na somatória garantiram a presença na final da sétima temporada. Em alguns casos, a escolha dos técnicos desbancou mais votados pelos telespectadores.

Murilo Bispo, a exemplo, que foi mais votado pelo público, perdeu a vaga para Érica Natuza, pois foi ela quem recebeu os 20 pontos de Carlinhos Brown. Outro caso surpreendente foi o da já ovacionada Priscilla Tossan que perdeu no duelo contra Isa Guerra, pois a votação do público para Isa foi bem maior. Nem os 20 pontos creditados pelo técnico Lulu Santos impulsionaram sua vitória.

Já Kevin Ndjana, do time de Ivete Sangalo, ganhou os 20 pontos da cantora baiana e somados aos 62,33% dos votos do público, fechou com 82,33. O concorrente, Edson deixou o programa com 36,67% dos votos. Ivete, que demonstrou muito carinho pelo cantor, em todas suas apresentações, aproveitou para convidá-lo para cantar com ela no Carnaval de Salvador em 2019. “Onde eu estiver cantando e fazendo a minha arte, você é muito bem-vindo”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMauro fica sem resposta
Próximo artigoCuiabá ainda tem quatro feriados prolongados a três meses para o fim do ano