Tentando correr por fora

Natasha Slhessarenko trabalha pré-candidatura ao Senado

Enquanto os corredores da Assembleia Legislativa são dominados por discussões e fofocas que envolvem o apoio aos pré-candidatos ao Senado Wellington Fagundes (PL) e Neri Geller (Progressistas), fora deles, a médica Natasha Slhessarenko tenta construir uma candidatura pelo PSB.

Apesar de ser a primeira candidatura dela, e já ao Senado, a médica é conhecida por conta do sobrenome, que carrega junto com a herança política da mãe, Serys Slhessarenko.

Na semana passada, ela tentou colar no deputado estadual, pré-candidato a reeleição, Max Russi. Viajou com ele pelo interior, na tentativa de mostrar a cara para muita gente que nem a conhece.

Conforme entrevista, dado ao site Olhar Direto, ela é taxativa em manter a candidatura, mesmo com comentários de que ela pode deixar em apoio a Gueller.

E, seguindo a estratégia do “Vai que cola”, ela acredita que pode surpreender chamando a atenção de pessoas que, como ela, não querem mais o uso que questões científicas de saúde como ferramenta política.

Os dados estão lançados….

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorInscrições para edital Viver Cultura encerram na quinta-feira
Próximo artigoCaso Daniel Silveira: Bolsonaro avalia que STF cometeu “excesso” em sentença contra parlamentar