Temperatura fria para Emanuel

Tentativa do prefeito de Cuiabá de reunir gestores do MDB em evento exclusivo expôs a falta de força dele para 2022

Foto: Ednilson Aguiar/O Livre

O encontro marcado pelo prefeito Emanuel Pinheiro para filiados do MDB expôs a falta de força dele no partido. O convite foi distribuído nominalmente para 35 prefeitos e vices de Mato Grosso, para um bate-papo que Emanuel chamou de “alinhamento de ideias”. 

Mas, a pauta principal foi ouvir a avaliação de emedebistas sobre a gestão do governador Mauro Mendes – com quem Emanuel Pinheiro não conseguiu, até o momento, uma relação pacífica entre gestores. 

O evento foi um ensaio do prefeito de Cuiabá para medir a temperatura dentro do MDB sobre a ideia de concorrer ao governo do Estado no próximo ano. 

A resposta recebida em números desanima. Nove convidados compareceram, outros tantos mandaram apenas representantes e a maioria sequer atendeu ao chamado. A reunião aconteceu nessa segunda-feira (13), em Cuiabá. 

O presidente estadual do MDB, Carlos Bezerra, esteve presente e tentou despistar o objetivo claro de Emanuel Pinheiro, dizendo que o debate seria sobre o partido em Mato Grosso. Mesmo nesse caso, a adesão foi muito baixa. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCuiabá é a capital que menos conseguiu evitar mortes por covid
Próximo artigoCovid: vacina em forma de spray nasal feita no Brasil pode estar disponível até 2022