Temer apresenta proposta para Funrural nesta segunda

Cerca de 40 dias depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) ter declarado a validade da cobrança do Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural), uma solução está prestes a ser anunciada. Segundo parlamentares da Frente da Agropecuária (FPA), o presidente Michel Temer (PMDB) deverá divulgar na próxima segunda-feira (15) uma nova proposta para a dívida dos produtores, que chega a R$ 20 bilhões.

O LIVRE apurou que entre as possíveis propostas está a redução da cobrança do fundo — de 2,3% para 1,5% — para todos os produtores, exceto para aqueles que ainda não recolheram. Neste último caso, os produtores deverão pagar um percentual extra, proposto em 0,8%. Ou seja, aqueles que estão em dívida continuariam pagando os 2,3% por certo período ou até quitarem a dívida.

Atualmente, a taxa cobrada sobre a receita bruta da produção do empresário rural é de 2,1% para o INSS e 0,2% para o Sistema S. Parte do fundo é utilizada pelo governo para financiar benefícios previdenciários dos trabalhadores rurais como auxílio-doença e aposentadoria. 

Das outras possíveis propostas, o LIVRE apurou que a única que não tem chances de ser aprovada por Temer é a do deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO), que pede a remissão de 100% da dívida. “Nosso projeto propõe a remissão da dívida passada e sugere a criação de uma nova norma para este ano que seja, por exemplo, pela folha de pagamento. Nenhum produtor rural consegue assumir mais esse encargo”, disse o democrata.

Na última quinta-feira (11), o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, se reuniu com deputado e senadores da FPA para discutir estes e outros pontos de uma possível medida provisória. Na próxima segunda-feira, outra reunião com o grupo e Michel Temer deverá ser realizada. “Só então vamos bater o martelo”, finalizou a fonte.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFora do radar
Próximo artigoPedro Taques expõe crise com Mauro Zaque