“Tem que ter vergonha de não pagar imposto”, diz Paulo Guedes sobre tributação de dividendos

O ministro afirmou que o país precisa taxar os mais ricos, já que os mais pobres não possuem condição

Ministro da Economia, Paulo Guedes (Foto: Edu Andrade/Ascom/ME)

Nesta quarta-feira (07), o ministro da Economia Paulo Guedes voltou a defender a a tributação de dividendos. Durante uma audiência pública na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados, o ministro defendeu a carga tributária.

Ainda de acordo com Guedes, a tributação deve ser baixa, mas necessária para a manutenção do país.

“Se reinvestir, se ficar na empresa, o imposto deve ser baixo. Agora, se tirou para usufruto pessoal, o que é natural, não tem problema nenhum ser rico. Não pode ter vergonha de ser rico. Tem que ter vergonha de não pagar imposto”, afirmou o ministro.

Ainda segundo Guedes, o Brasil precisa taxar os ricos, já que a população mais pobre não possui condições.

“O Brasil é um país de baixa renda. Não adianta você jogar os impostos em cima de 30 milhões de brasileiros com renda relativamente baixa quando, do outro lado, 20 mil proprietários de capital receberam R$ 400 bilhões de dividendos e tiveram isenção de R$ 50 bilhões ou R$ 60 bilhões”, completou Guedes.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCertificado sem urgência
Próximo artigoDeputados não querem dividir fundo de R$ 40 milhões que atende hospitais filantrópicos