|Quinta-feira, 24 maio 2018

TCE multa prefeito de Cáceres

Francis Maris foi multado devido a contratação temporária de profissionais da área da Saúde, por meio de processo seletivo

COMPARTILHECOMPARTILHE

Por unanimidade, o pleno do Tribunal de Contas do Estado multou o prefeito de Cáceres, Francis Maris (PSDB), e o secretário municipal de Saúde, Roger Alessandro Pereira Rodrigues, pela contratação temporária de profissionais da área da Saúde, por meio de processo seletivo.

Para o TCE, os gestores violaram o princípio do concurso público, tendo em vista que os cargos possuem natureza continuada. Além da aplicação de multa, o prefeito está proibido de prorrogar qualquer contrato dos aprovados no processo seletivo e deve realizar concurso público no prazo máximo de 240 dias.

O processo seletivo alvo da representação interna contra a Prefeitura de Cáceres ofereceu quase 100 vagas para profissionais como médicos, odontólogos, enfermeiros, fisioterapeutas, farmacêuticos e psicólogos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

DESTAQUES

Profissionais do sexo denunciam comerciante que as chamou de “putas”

Cinco pessoas morrem e 10 ficam feridas em acidente envolvendo dois carros em MT

Em protesto, Chopp será vendido pela metade do preço em Cuiabá

Desembargador diz não ver crime de estupro por vítima estar bêbada e ter tido...

Caldo, cuiabania e cerveja gelada: conheça 5 botecos de raiz na capital

X