Taques sem CNH

Ex-governador tem 30 dias para justificar os pontos na carteira

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O ex-governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), poderá ter o direito de dirigir suspenso pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Na última quinta-feira (15), o órgão divulgou no Diário Oficial uma lista de mais de 340 condutores que superaram 20 pontos na carteira nacional de motorista (CNH), no período de um ano. Alguns motoristas, inclusive, respondem a mais de um processo administrativo.

Consta no edital que, antes de expor a lista, o Detran tentou notificar os condutores nos endereços cadastrados no órgão. Contudo, as tentativas foram frustradas.

Agora, Taques e os demais condutores têm 30 dias para expor a razão de tantas infrações e apresentar a defesa no Detran. Quem tem a CNH suspensa deve passar pela escola de reciclagem, refazendo os testes teóricos em uma autoescola.