Prefeito de Cáceres adia candidatura ao Senado e vai apoiar Taques

Prefeito de Cáceres, Francis Maris (PSDB)

O prefeito de Cáceres, Francis Maris (PSDB), que chegou a cogitar a possibilidade de deixar o partido e se filiar ao PSL para ser candidato ao Senado, decidiu adiar o projeto à majoritária para 2022, permanecerá na prefeitura e será o coordenador da campanha à reeleição do governador Pedro Taques (PSDB) na Região Oeste.

O prefeito confirmou a decisão na manhã desta segunda-feira (02), em entrevista ao LIVRE, e reconheceu que não era o momento de ser candidato.

“Não era um projeto viável no momento. O candidato natural do partido para ocupar uma cadeira no Senado é o deputado federal Nilson Leitão. Eu continuo sonhando, mas agora para 2022”.

Francis, que foi eleito por duas vezes o terceiro melhor prefeito de Mato Grosso e conta com 80% aprovação popular, conforme ranking IKGM de aprovação popular, declarou que irá apoiar dois candidatos à Câmara Federal, sendo eles o deputado estadual Leonardo Albuquerque (SD) e o vereador por Cáceres, Cézare Pastorello (PSDB).

“Vou pedir voto para os dois e para Assembleia Legislativa vamos trabalhar a candidatura do também vereador pelo partido, Claudio Henrique”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGuerra na Polícia Civil: Ana Feldner também denunciou Jarbas e esposa
Próximo artigoMais de 300 membros do Comando Vermelho tentaram fugir da Mata Grande