Taques e a ironia nacional

Nota do Globo ironiza anulação da única PPP viabilizada pelo governador Pedro Taques

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

A anulação do processo licitatório da construção e gestão de sete unidades do Ganha Tempo em Mato Grosso teve destaque na mídia nacional nesta quarta-feira (21). A nota, publicada na coluna do Jornal O Globo, ainda ironizou o fato de que esta foi a única Parceria Público-Privada (PPP) viabilizada pelo governador Pedro Taques (PSDB).

“A Justiça reverteu a licitação mato-grossense para a gestão do sistema de poupa-tempo do Estado, a única PPP viabilizada pelo governador Pedro Taques (PSDB) nos quatro anos de mandato. Detalhe: umas das principais promessas de Taques quando eleito foi viabilizar PPPs para atrair capital privado”, diz a coluna.

O processo licitatório foi anulado devido à ação proposta pela segunda colocada do certame, chamada Shopping Cidadão, sob o argumento de que a Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas) escolheu o Consórcio Rio Verde Ganha Tempo sem que ele estivesse de acordo com as exigências previstas em edital.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorExposição em Chapada reúne alguns dos artistas que escolheram a cidade como morada
Próximo artigoMéxico habilita 26 empresas brasileiras para compra de carne de frango