Taques diz que Silval não pode continuar dando entrevista como “popstar”

Governador disse que Silval roubou R$ 1 bilhão e defendeu que delações sejam tratadas de forma diferente

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O governador Pedro Taques (PSDB) rebateu, nesta quarta-feira (4), o ex-governador e delator Silval Barbosa, que tachou o atual governo de corrupto, em entrevista na terça-feira (3), logo depois de prestar depoimento à Controladoria Geral do Estado (CGE). O tucano disse que as declarações do antecessor não ofendem, mas criticou o fato de ele poder dar entrevistas.

“Temos que tratar a delação de uma forma diferenciada. O que eu quero dizer com isso: a pessoa roubou R$ 1 bilhão, deu um prejuízo para Mato Grosso pelos próximos 10 anos e ainda pode continuar dando entrevista como popstar. Temos que pensar a delação. Criminoso é criminoso”, disparou Taques, logo depois de inaugurar a reforma do Ganha Tempo da Praça Ipiranga, em Cuiabá.

Questionado sobre a declaração de Silval de que ele apenas está executando obras com dinheiro deixado pelo ex-governador e “pregando a placa dele”, Taques preferiu não comentar. “Não vou falar nada do Silval. A população sabe quem é Silval”, declarou.

Condenado a mais de 27 anos de prisão, Silval delatou, em 2017, esquemas de corrupção em seu governo que desviaram aproximadamente R$ 1 bilhão. Atualmente, ele cumpre prisão domiciliar, conforme acordo de delação premiada firmado com a Procuradoria Geral da República (PGR) e aceito pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNinguém acertou as seis dezenas da Mega-Sena
Próximo artigoEmpolgação de apoiadora teria provocado investigação contra Marrafon