Taques diz que não vai enviar projeto de renovação do Fethab 2 à Assembleia

Representantes do agronegócio criticaram o governador eleito e disseram que Mendes não os procurou para debater sobre a manutenção do Fundo

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O governador Pedro Taques (PSDB) garantiu, na manhã desta sexta-feira (14), que não vai enviar para a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) o projeto de renovação do Fethab 2, como solicitado pelo governador eleito Mauro Mendes (DEM).

Taques, em reunião com representantes do setor do agronegócio, disse que a proposta de Mauro era que fosse enviado um projeto para unificar o Fethab 1 e 2, mas que fosse realizada algumas modificações na alíquota.

[related_news ids=”126432,107754,107553,113335″][/related_news]

De acordo com o atual governador, a proposta do democrata ainda não foi enviada. Por essa questão não há tempo hábil para avaliar sem que haja um amplo debate.

Pedro Taques também pontuou que desde a criação do Fundo 2, em 2016, foram arrecadados cerca de R$900 milhões. Do montante, segundo ele, pouco menos da metade foi aplicada no pagamento de operações de logísticas e infraestrutura. “Não usamos o Fethab 2 na Saúde, como disseram”, observou o tucano.

Representantes do setor do agronegócio criticaram o governador eleito. Eles disseram que Mauro Mendes não os procurou para debater sobre a manutenção do Fundo.

Momentos antes, Taques disse que cometeu erros em sua gestão, mas que não errou na questão de debater assuntos com os interessados.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTemer e Bolsonaro participaram de lançamento do submarino Riachuelo
Próximo artigoJustiça de Goiás determina prisão de João de Deus