Suspensa eleição na AMM

Juiz Onivaldo Budny acatou argumento que calendário deixa de fora do processo os prefeitos eleitos em novembro

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O Tribunal de Justiça suspendeu a votação para escolha de presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) prevista para terça-feira (15). O juiz da 1ª Vara Especializada da Fazenda Pública de Cuiabá, Onivaldo Budny, acatou a ação do prefeito eleito de Campo Verde, Alexandre Lopes Oliveira (PDT). 

Ele entrou com recurso de tutela de urgência com o argumento de que os prefeitos eleitos em novembro seriam excluídos da decisão para a direção de um órgão que tem influência direta nas prefeituras. Os prefeitos tomam posse no dia 1º de janeiro. 

O juiz acatou a justificativa dizendo que “passa longe de ser democrática e moral a alteração estatutária que suprime de forma explícita o direito de dezenas de novos prefeitos votarem para a direção da AMM”. 

O recurso foi julgado nessa sexta-feira (11). A AMM ainda não se manifestou sobre a decisão. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNovo normal? 36% dos mato-grossenses dizem que seus hábitos mudaram permanentemente
Próximo artigoMega-Semana de Natal sorteia hoje R$ 40 milhões