Suspeitos de estupros de vulneráveis são presos pela Polícia Civil

Uma das vítimas, uma adolescente de 12 anos, engravidou após o abuso. No outro caso, a criança de 10 anos é cunhada do investigado

(Foto: Polícia Civil)

Dois homens suspeitos de estupros de vulneráveis foram presos da Polícia Judiciária Civil (PJC). Uma das vítimas, uma adolescente de 12 anos, engravidou após o abuso cometido pelo padrasto. No outro caso, a criança de 10 anos é cunhada do investigado.

O caso do estupro que resultou em gravidez ocorreu em Várzea Grande e homem, que não teve a identidade divulgada pela polícia, era considerado foragido da Justiça. De acordo com as investigações, o suspeito de 44 anos, se envolveu com a ex-sogra, no período em que esteve preso anteriormente por outro crime.

Após sair da prisão, ele passou a morar com essa mulher e foi quando ocorreu o estupro da enteada, uma menina de 12 anos, que ficou grávida. A criança nasceu com deficiência.

O homem foi localizado em Lucas do Rio Verde (329 km de Cuiabá), nesta quinta-feira (02), onde estava se escondendo, e não esboçou nenhuma reação ao ser preso.

Outra prisão

A outra prisão aconteceu em Porto dos Gaúchos (648 km da Capital). Conforme o delegado Bruno Mendo Palmiro, o suspeito, que também não teve a identidade divulgada, teria estuprado a cunhada, de 10 anos de idade.

Segundo a polícia, o rapaz de 23 anos morava na mesma casa com a mulher, uma adolescente de 16 anos, com quem tem dois filhos, a sogra e a cunhada. Os abusos teriam acontecido quando a mãe da criança não estava na residência.

O rapaz foi preso preventivamente.

LEIA TAMBÉM

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEm live, Papa condena teologia da libertação
Próximo artigoMortes em acidentes com caminhões representam 47% do total nas rodovias federais