Suspeito de matar auditor da Receita Federal em MG é preso com documento falso em MT

Ele estava há dois anos em Mato Grosso, trabalhando como entregador

Foto Ilustrativa (Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um homem de 39 anos foi preso nesse sábado (4), em Sorriso (400 km de Cuiabá), após a inteligência da Polícia Militar descobrir que ele era suspeito de matar um auditor da Receita Federal de Minas Gerais – e que estava foragido há pelo menos dois anos.

O trabalho da Polícia Militar começou quando a Inteligência teve contato com a polícia de Minas Gerais, que informou sobre o mandado de prisão em aberto contra o suspeito, que teria cometido o crime em Belo Horizonte (MG).

A inteligência da PM começou a fazer buscas e descobriu que o suspeito estava trabalhando como entregador de pizza em Sorriso.

Nesse sábado (4), então, ele foi localizado no Bairro Nobre, na esquina da Rua dos Desbravadores com a Rua Verão.

A princípio, os policiais não encontraram nada de ilícito, mas logo perceberam que ele estava usando um documento falso e, quando checaram o nome verdadeiro, ele confessou que já sabia do mandado de prisão em aberto.

O acusado disse que era amigo do auditor da Receita Federal, que havia ido na casa dele, mas negou que tenha cometido o crime.

Ele ainda contou que, depois do ocorrido, foi para Sorriso, onde está há dois anos usando documento falso.

Ele foi preso e levado para a delegacia, onde o caso foi registrado como uso de documento falso e prisão por mandado. A motocicleta dele foi apreendida.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCorpo de Bombeiros Militar de MT promove primeira mulher ao posto de coronel
Próximo artigoAposentados não poderão participar de eleição em faculdade da UFMT