Supermercado Comper é assaltado por cinco homens armados; objetivo era roubar cofre

    Na madrugada deste domingo (02), funcionários foram rendidos e, um deles, agredido com socos no abdômen; bandidos fugiram

    O Supermercado Comper do Jardim Petrópolis, localizado na Fernando Correa, esquina com a Avenida Carmindo e Campos, foi alvo de um assalto na madrugada deste domingo (02), em Cuiabá. Funcionários que ainda trabalhavam no local foram rendidos por cinco homens, que fugiram após tentarem roubar o cofre da loja. Uma das vítimas foi agredida com socos no abdômen e os criminosos não foram encontrados.

    A Polícia Militar realizou um cerco no local por volta de 0h10, após receber a informação da tentativa de assalto via Ciosp. Minutos depois, saiu do interior do estabelecimento um funcionário chamado Jefferson, que relatou à equipe que os suspeitos haviam fugido após o disparo do alarme da empresa. No momento, duas outras funcionárias ainda estavam no supermercado.

    De acordo com Boletim de Ocorrência, foi realizada vistoria no local e constatado que não havia mais nenhum suspeito, apenas uma mochila verde contendo discos e ferramentas, como chaves de fenda e pé de cabra, próximas ao cofre. Segundo informou o funcionário, cinco homens aproveitaram o momento em que ele abriu a porta dos fundos e acompanhou alguns funcionários até o ponto de ônibus, para rendê-lo na volta ao estabelecimento.

    Jefferson relatou ainda aos policiais que, armados, os assaltantes o renderam com socos na região do abdômen para forçá-lo a indicar onde estaria o cofre. As outras duas funcionárias também foram rendidas. A vítima foi encaminhada pela equipe do SAMU para o Pronto-Socorro de Cuiabá, com fortes dores.

    Use este espaço apenas para a comunicação de erros





    Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

    DEIXE SEU COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Artigo anteriorApós amarrar vítimas em assalto, trio pede carro por aplicativo e motorista chama a polícia
    Próximo artigoPara ouvir: conheça o melhor álbum brasileiro de 2018, segundo a Rolling Stone