“Submundo” da internet é palco de crimes e ameaças em Sinop

O número de registros de ocorrências denunciando crimes e ameaças via internet tem aumento diariamente no município.

(Foto: Divulgação)

Na última quarta-feira (16) a delegacia de Polícia Civil de Sinop (500km de Cuiabá) registrou três boletins de ocorrências de crimes cometidos via redes sociais (Whatsapp e Facebook). Duas mulheres e um homem registram os fatos.

Um dos denunciantes, um pintor de 24 anos, relatou estar fazendo um orçamento de serviço via WhatsApp, quando o suposto contratante começou a fazer ameaças de morte ao pintor e à sua família, alegando inclusive que sabe onde mora o sogro da vítima . Segundo o trabalhador autônomo, ele não faz ideia de quem seja o acusado. Ele não revela porque as ameaças teriam começado.

Outro registro foi o caso de uma senhora casada, de 38 anos, que vem recebendo mensagens amorosas de um ex-affair, que conheceu ainda criança. Ao perceber que não era correspondido, o sujeito começou a ameaçar a vítima com fotos antigas, da época em que estavam juntos, dizendo que iria espalhá-las em redes sociais, podendo assim prejudicar o relacionamento e a vida pessoal da mesma.

Por fim, no entardecer do mesmo dia, outra senhora, de 45 anos, registrou um boletim de ocorrência após receber diversas mensagens e vídeos de pornografia adulto e infantil via WhatsApp, de um número desconhecido.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCuiabá joga em casa buscando se consolidar na liderança da Série C
Próximo artigoA quem interessa o Foro?