STJ afasta Wilson Witzel do governo do RJ e manda prender Pastor Everaldo

Agentes da PF cumprem mandados de busca e apreensão no Palácio Laranjeiras e contra a primeira-dama do RJ, Helena Witzel

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), foi afastado do cargo nesta sexta-feira (28) pelo Superior Tribunal Justiça (STJ), em meio a uma investigação sobre irregularidades na área da Saúde.

O órgão também mandou prender o presidente do PSC, Pastor Everaldo, segundo informações da CNN Brasil. Witzel, no entanto, não será preso, apenas afastado do cargo. Com o afastamento dele, quem assume o governo do Estado é o vice Cláudio Castro (PSC).

As ações são determinações do STJ na Operação Tris in Idem, um desdobramento da Operação Placebo. Entre os alvos, estão o governador do RJ, o vice-governador Cláudio Castro e o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), André Ceciliano (PT).

Os agentes cumprem mandados de busca e apreensão no Palácio Laranjeiras (residência oficial do governador do RJ) e contra a primeira-dama do RJ, Helena Witzel.

Além do Pastor Everaldo – mentor da campanha do governador e que não tinha cargo no governo –, são alvos dos mandados de prisão Lucas Tristão, ex-secretário de Desenvolvimento Econômico, e Sebastião Gothardo Netto, médico e ex-prefeito de Volta Redonda.

Outro lado

Em nota à CNN Brasil, a defesa de Witzel disse que “recebe com grande surpresa a decisão de afastamento do cargo, tomada de forma monocrática e com tamanha gravidade”. Os advogados afirmaram que aguardam o acesso ao conteúdo da decisão para tomar as medidas cabíveis.

O PSC também divulgou nota e disse que “o Pastor Everaldo sempre esteve à disposição de todas as autoridades e reitera sua confiança na Justiça.” O presidente do partido seria ouvido pela Comissão da Saúde e Covid-19 da Alerj no dia 3 de setembro para falar sobre irregularidades na Saúde. A presidente da comissão, deputada Martha Rocha (PDT), vai enviar ofício ao Sistema Penitenciário para ouví-lo.

(Com informações da CNN Brasil)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEm três anos, capital de Mato Grosso transforma saneamento básico
Próximo artigoBolsonaro diz que não vai se envolver nas eleições municipais deste ano