|Segunda-feira, 22 Outubro 2018

STF determina que governo pague imediatamente duodécimos atrasados da Defensoria Pública

A decisão é da ministra Rosa Weber, relatora da Ação Direta de Preceito Fundamental (ADPF) proposta pela Associação Mato-grossense dos Defensores Públicos

66
COMPARTILHECOMPARTILHE

A ministra Rosa Weber, relatora da Ação Direta de Preceito Fundamental (ADPF) proposta pela Associação Mato-grossense dos Defensores Públicos (Amdep), determinou que o governo do Estado pague todos os duodécimos atrasados da Defensoria Pública, bem como que o recuso seja repassado impreterivelmente até o dia 20 de cada mês.

A ministra determina ainda que o governo seja comunicado com urgência, para cumprimento imediato da decisão. “(…) configurados os requisitos da plausibilidade jurídica do pedido e do perigo da demora, defiro o pedido de medida cautelar, ad referendum do Tribunal Pleno, para determinar que o Poder Executivo do Estado de Mato Grosso repasse os recursos correspondentes às dotações orçamentárias da Defensoria Pública estadual, sob a forma de duodécimos, até o dia vinte de cada mês, de acordo com a norma constitucional do art. 168, bem como o pagamento das parcelas vencidas a esse título, caso não efetuado”, diz trecho da decisão.

Os defensores públicos entraram com a ação contra o governo devido ao atraso no pagamento de recursos correspondentes às dotações orçamentárias da Defensoria Pública de setembro, outubro e novembro de 2017, num total de R$ 17,9 milhões.

Além disso, em abril, a associação pediu que o governador Pedro Taques (PSDB) fosse condenado por litigância de má-fé por ter anexado Nota Técnica da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) alegando ter repassado R$ 5 milhões à instituição em janeiro deste ano. Segundo os defensores, o “governador mentiu”. O valor seria remanescente de duodécimos de 2017.

Os defensores afirmaram que o governo vinha descumprindo sua obrigação constitucional de realizar os repasses mensais ao órgão. “O Governador Pedro Taques desrespeitou a obrigação de pautar-se pela verdade, além de estar, reiteradamente, tentando defender-se sem qualquer fundamento legítimo que o lastreie”, sustentaram à época.

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Ager recorre ao TJ e consegue que tarifa intermunicipal volte para R$ 3,75
Pronto-socorro será inaugurado em dezembro, com a presença de Michel Temer
Candidatas trans se elegem para mandatos individual e coletivo no Brasil
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Maggi critica proposta de Bolsonaro de fundir ministérios da Agricultura e Meio Ambiente
Pronto-socorro será inaugurado em dezembro, com a presença de Michel Temer
Mudança de governo: saiba como funciona a transmissão de mandato de governador do Estado
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Valor da Produção Agropecuária é de R$ 574,25 bilhões
Presidente do Indea apresenta minuta do Fundeagro ao setor produtivo e representantes de classe
Peste Suína: mais três casos são registrados no Brasil
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Cine Teatro exibe filme que dá sequência a curta premiado em Cannes
Seminário sobre musicoterapia terá workshops, mesas-redondas e atrações culturais no Cine Teatro
Netflix retira episódios de Rick and Morty do catálogo
Corrupção Economia Eleições Estados Política
TSE nega ao PSOL liminar para restringir WhatsApp nas eleições
Maggi critica proposta de Bolsonaro de fundir ministérios da Agricultura e Meio Ambiente
Diferença salarial entre homens e mulheres diminuiu de 2016 para 2017
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Sine oferta mais de mil vagas de trabalho em Mato Grosso
Processo seletivo em Matupá oferece 50 vagas de até R$ 3,6 mil
Concursos públicos têm mais de 800 vagas e salários até R$ 18 mil em MT; confira
X