Soja mato-grossense tem leve aumento no custo da produção da safra 18/19

Se comparado a safra 17/18, o valor gasto para o cultivo da oleaginosa teve aumento médio de 1,24%

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) confirmou nesta semana os dados do custo de produção da safra 18/19 da soja em Mato Grosso. De acordo com o levantamento, os custos tiveram, em média – se comparado ao valor pago durante a safra passada, aumento de 1,24 pontos percentuais.

Segundo o boletim, o custo variável para a produção de um hectare fechou em R$ 2,8 mil, redução de 0,70%. Já o custo operacional teve aumento de 1,78%, elevando para R$ 3,1 mil o custo por hectare plantado.

O periódico ainda pontua que os produtores que conseguiram travar seus custos logo no início do novo ciclo, obtiveram um ganho significativo se comparado aos que deixaram ou os que só puderam negociar seus insumos quando já estava próximo ao período de semeadura.

Ressaltou que a produção da oleaginosa ainda sofre reflexos da paralisação nacional dos caminhoneiros, já que os últimos meses foram marcados pelo tabelamento dos fretes e pela escalada do câmbio, que trouxeram reflexos diretos ao custo dos insumos.

“Agora, com o custo de produção fechado, a expectativa se volta para os resultados a campo e para a comercialização do produto, a fim de garantir a rentabilidade da cultura”, observa o informativo.

Cotações

O preço da soja disponível em MT segue em queda, variando dois pontos percentuais e fechando a semana com média de R$ 69,49 por saca, pautado, sobretudo, pela redução das cotações em Chicago.

Nesta semana, a cotação do dólar apontou uma média de R$ 3,69 por dólar, tendo uma variação negativa de 0,57%, tendo em vista, principalmente, a reta final das eleições brasileiras e o cenário externo.

O contrato de soja da CME para março de 2019 encerrou a semana com baixa de 2,88% e cotado na média de US$ 8,77 por bushel.

Na última sexta-feira, 73,25% da área de soja já havia sido semeada em Mato Grosso, um avanço semanal de 22,85 pontos percentuais. Cabe salientar que, no mesmo período da safra 17/18, este número era de apenas 44,06%.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMPF entra com representação contra Taques por crime de responsabilidade
Próximo artigoSemana de Violino, Viola e Violoncelo: programação de concertos gratuitos começa nesta terça