Só 16% dos mato-grossenses torcem para o Cuiabá

Clube de sócio torcedor é ainda menor, conforme pesquisa. O time vai ter que brilhar para conquistar torcida

(Foto: Suellen Pessetto/ O LIVRE)

O Cuiabá conquistou acesso à elite do futebol, mas ainda precisa conquistar o coração dos torcedores de Mato Grosso. Apenas 16 pessoa a cada 100, que acompanham campeonatos pelo país, têm o Dourado como o time do coração. 

Se transferirmos esse número para uma arquibancada, nos jogos que serão realizados em Mato Grosso (torcendo para a pandemia deixar isso acontecer um dia), o Cuiabá ficará em desvantagem no Campeonato Brasileiro 2021 na maioria dos jogos dentro da própria casa, principalmente contra os grandes times. 

A pesquisa com esses dados foi feita pelo Instituto de Pesquisa e Análise da Fecomércio (IPF-MT) e foi divulgada nessa quarta-feira (17). Ela mostra que 75% dos mato-grossenses não torcem para o Cuiabá. Apenas 16% torcem, mas não são sócios-torcedores. 

O grupo de torcedores sócios – aqueles que apoiam o time com a compra de uniforme e comparecem nos estádios em quase todos jogos – é de 9%.  

A pesquisa foi realizada entre os dias 4 e 11 deste mês, a pedido a direção do Cuiabá Esporte Clube, com 390 entrevistados em Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Sinop, Cáceres, Barra do Garças, Tangará da Serra, Primavera do Leste, Sorriso e Lucas do Rio Verde. 

Foto Assessoria Cuiabá Esporte Clube

Mesmo com o resultado sendo pouco animador, o superintendente do IPF, Igor Cunha, diz que os dados também indicam estratégias para o time a ganhar mais torcida. Agora que estão na elite do futebol, passarão a atrair mais atenção.  

“O clube precisa pensar em estratégias para atender aos mais variados públicos, tanto da Capital quanto de fora, e que não costumam frequentar os estádios, ou seja, pensar em formas que eles também se beneficiem e possam somar com o time”, afirmou. 

A subida do Cuiabá para a série A do Brasileirão foi comemorada por setores do comércio e turismo no dia seguinte à classificação. A perspectiva é que a realização de jogos na Arena Pantanal movimente o mercado de bares e hotéis (de novo, se a pandemia deixar). 

“O interesse das pessoas pelos jogos impacta no consumo das cadeias produtivas que são beneficiadas com a realização dos jogos, como hotéis, bares, restaurantes, entre outros segmentos. Além de apoiar o Cuiabá Esporte Clube para que permaneça na série A, acreditamos que essa conquista fomente, de maneira relevante, o comércio local”, disse o presidente da Fecomércio-MT, Wenceslau Júnior. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBolsonaro reduz em 10% imposto sobre produtos eletroeletrônicos importados
Próximo artigoVigilância Sanitária descobre circulação de receitas falsas em Várzea Grande