Sintep tem multa dobrada

Desembargadora fixou em R$ 20 mil multa diária caso Sintep volte a bloquear entradas

Ednilson Aguiar/ O Livre

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) decidiu dobrar o valor de multa diária aplicada ao Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep), devido aos piquetes (bloqueios) impedindo a entrada de servidores em órgãos públicos. A decisão foi da desembargadora Marilsen Andrade Addario, desta quarta-feira (10).

Antes, a Justiça havia fixado multa de R$ 10 mil quando os sindicalistas passaram a impedir a entrada de professores e alunos em escolas públicas. Agora, por manter a conduta considerada “ilícita”, o valor passou para R$ 20 mil.

A greve dos sindicalistas já se arrasta há mais de 45 dias, tendo início em 27 de maio, e ainda há cerca de 300 escolas com as atividades paralisadas. A classe pede o reajuste salarial de 7,69%, que ainda não foi atendido pelo Governo do Estado.

Nesta quarta-feira (10), uma proposta foi apresentada ao Executivo pela Assembleia Legislativa, para tentar por fim à greve.