Sinop Energia comemora Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho com a marca de mais de 1 milhão de horas trabalhadas sem acidentes

Usina Hidrelétrica Sinop está há mais de 365 dias de operação sem afastamento de funcionários

Instituído mundialmente pela Organização Mundial do Trabalho (OIT) e adotado dois anos depois pelo Brasil por meio da Lei nº 11.121/2005, o Dia Mundial da Saúde e Segurança no Trabalho é comemorado em 28 de abril. Este ano, a data terá um valor especial para a Sinop Energia, pois a Usina Hidrelétrica Sinop, operada pela empresa, completa mais de 365 dias sem qualquer registro de acidentes de trabalho, somando mais de 1 milhão de horas trabalhadas no período. Segundo Emilien Florentin, Assessor Técnico da Diretoria da Sinop Energia, o eficiente trabalho de prevenção realizado pela companhia na área de segurança foi fundamental para o alcance da marca. “O primeiro ano de operação da usina foi desafiador, especialmente do ponto de vista técnico, mas o primeiro trimestre de 2020 foi decisivo para consolidação da organização da área de segurança, a partir da realização de uma série de eventos educativos e de conscientização”, afirmou Florentin.

A gestão eficiente das áreas de segurança e medicina do trabalho vai desde a correta utilização de equipamentos de proteção individual (EPI) até a sinalização adequada dos ambientes e a realização de eventos periódicos de cunho educativo. A conjunção desses fatores é capaz de prevenir e até eliminar os riscos de acidentes e lesões que resultem em afastamentos involuntários ou até em óbitos no ambiente de trabalho.

Entre as principais metas das grandes companhias estão as certificações técnicas na área de segurança. As mais almejadas são a OHSAS 18001, voltada para a identificação e eliminação de riscos e perigos no ambiente de trabalho, e a ISO 45001, norma internacional para o Sistema de Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional (SGSSO), que traz como foco a melhoria do desempenho de qualquer empresa em termos de Saúde e Segurança do Trabalho (SST).  “A segurança é um processo interativo de melhoria permanente, por isso incentivamos todos os colaboradores a compartilharem de forma proativa as dificuldades e as situações de risco eventualmente encontradas, com o objetivo de estruturarmos esse processo de melhoria e conquistarmos a certificação ISO45001 até o final do ano 2022”, projeta Emilien.

A prevenção a acidentes é desafio permanente de quase todas as empresas, especialmente aquelas que operam parques industriais ou empreendimentos de grande porte. Segundo artigo da Associação Brasileira de Medicina do Trabalho publicado em 2020, estima-se que ocorreram cerca de 1,7 milhão de acidentes de trabalho com afastamento no país em 1972. Já em 2019, foram autorizados pelo INSS pouco mais de 193 mil benefícios para acidentados. Apesar dos indicadores evidenciarem redução significativa nos registros de acidente de trabalho, a adoção de medidas que resultem na incorporação de atitudes preventivas ao dia a dia das empresas ainda é um ponto de atenção, pois o Observatório de Segurança e Saúde do Trabalho estima que ainda haja grande número de subnotificações fora dos grandes centros.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDívida de prefeituras deve crescer R$ 20 milhões ao mês com piso para enfermeiros
Próximo artigoHomens que filmaram agressão a morador de rua podem ter que pagar R$ 1,7 milhão