Sindifrigo cobra planejamento tributário eficaz do Governo

Em nota, Bellincanta diz que o resultado final do Projeto de Lei Complementar 53/2019 ainda não é o ideal

O presidente do Sindicato das Indústrias de Frigoríficos de Mato Grosso (Sindifrigo), Tadeu Paulo Bellincanta, cobrou do Governo do Estado um planejamento “tributário eficaz, em prol do desenvolvimento de econômico de Mato Grosso”. Em nota enviada nesta segunda-feira (29), Bellincanta disse que o resultado final do Projeto de Lei Complementar 53/2019, “ainda não é o ideal, mas agradeceu o empenho dos parlamentares”.

“Sabemos que uma medida tão importante e de grande impacto econômico de Mato Grosso deveria ser feita com maior tempo hábil e ampla discussão, mas em pouco mais de 30 dias os parlamentares se desdobraram em reuniões e estudos para ouvir os setores e ainda intermediar com o Governo Estadual”, disse.

O PLC 53/2019 trata da adequação de leis sobre renúncias e incentivos fiscais de alguns setores do Estado, entre eles o da indústria. Para ele, é fundamental agora que haja um  planejamento econômico para que “os empresários não sejam tão penalizados com os impostos e o consumidor consiga ter maior poder de compra”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNo Beco do Candeeiro, artistas do hip hop participam de evento de combate às drogas
Próximo artigoRock Beer: cinco bandas e cerveja fazem a alegria do público em tarde rock´n roll

O LIVRE ADS