Ex-governador consegue autorização para ir ao casamento da filha (de carro)

Ex-governador e delator de esquemas vai ficar 12 dias longe de sua prisão domiciliar

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

A juíza Ana Cristina Silva Mendes, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, autorizou o ex-governador de Mato Grosso Silval Barbosa a viajar de carro para a cidade de São José do Rio Preto, em São Paulo, para o casamento de sua filha, a médica Carla Barbosa.

Apesar de estar “liberado”, ele ainda terá que cumprir algumas medidas cautelares – como voltar do casamento à 1h da manhã.

O pedido de autorização para a viagem foi protocolado no dia 11 de janeiro, pouco depois de ele ter se mudado para Matupá (700 km de Cuiabá). A viagem deve ocorrer entre os dias 20 de abril e 2 de maio.

Ao autorizá-lo, a juíza observou que Silval está em prisão domiciliar, com regime diferenciado, devido ao seu acordo de delação premiada firmado como Ministério Público Federal e homologado pelo Supremo Tribunal Federal.

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso não se manifestou de forma contrária.

O ex-governador ficará hospedado no Hotel Quality Saint Paul e deverá continuar com o limite de horário para recolhimento. Assim, ele precisa estar de volta ao hotel às 22 horas e está liberado para sair às 6h da manhã. A exceção é para o dia do casamento (27 de abril), quando ele poderá ficar fora até 1 hora da manhã.

A decisão da juíza, disponibilizada nessa quinta-feira (4), é do dia 2 de abril e atende a um pedido da defesa, que também aguarda resultado do pedido de cálculo da Vara de Execução Penal, para a progressão de pena de Silval.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEmpresário reage a assalto, mata criminoso e leva dois tiros
Próximo artigoCidades que perderam profissionais do Mais Médicos terão financiamento

O LIVRE ADS