Setor de serviços cresce 38% em 12 meses, mas mostra desaceleração

Foi o maior crescimento no país, apesar de resultado menor em relação ao período da pandemia

O setor de serviços cresceu 38,1% em Mato Grosso em março na comparação ao mesmo mês de 2020. Foi o maior crescimento no país, apesar de resultado menor em relação ao período da pandemia. 

O recorte de 12 meses em Mato Grosso foi acompanhado por Santa Catarina (13,8%), Minas Gerais (10,7%) e São Paulo (4,4%). A receita dos serviços cresceu 41,9% nesse período e 2,9% em relação a fevereiro deste ano. 

No acumulado do ano (janeiro a março), houve crescimento de 10,3% no volume de serviços. Os dados foram divulgados nessa quarta-feira (12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).  

Apesar disso, março teve a segunda menor variação se contados os meses da pandemia. Em 2020, o saldo positivo mais alto ocorreu em abril, quando ficou em 12,3%, e o mais baixo em dezembro, com 2,2%. 

Nesse intervalo, houve quatro meses de resultados negativos, incluindo janeiro deste ano, mês em que o recuo foi de 5,1%. O varejo teve crescimento tímido de 1% em fevereiro e março, e o varejo ampliado (que inclui a venda de automóveis) subiu 17,2% em 12 meses.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMato Grosso recebe duas usinas de oxigênio com capacidade para atender até 250 leitos
Próximo artigoAdolescente é sequestrado na volta da escola e encontrado horas depois em rodovia