Sete etnias participam de encontro indígena na Casa Dom Aquino

O Encontro Indígena difunde tradição dos povos originários do Brasil. A foto é de Lucas Ninno

Representantes de sete etnias que habitam em territórios indígenas de Mato Grosso participam do 9º Encontro Indígena que este ano baseia suas atividades na temática “Saberes sustentáveis dos povos indígenas”. Ao menos 1.100 alunos da rede pública já visitaram o evento que começou nesta terça-feira (17), no Museu de História Natural Casa Dom Aquino.

A entrada custa R$ 5 e um quilo de alimento não-perecível. A programação começa logo cedo, às 8h e se encerra no dia 19, às 17h.

De acordo com o vice-presidente do Ecoss, Joniken Almeida, índios das nações kuikuro, waurá, xavante, bororo, rikbaktsa e pareci-haliti interagem com o público que participa das atividades. E o resultado é uma troca cultural que muda as concepções de muitas pessoas, especialmente, das crianças. “O objetivo deste evento é difundir a cultura indígena e reforçar a importância dela. Os povos originários do Brasil representam a origem da sociedade brasileira. O encontro e a interação que se estabelece quebra estereótipos”, ressalta.

Uma realização do Ponto de Cultura Casa Dom Aquino e Instituto Ecoss, em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura, traz entre as atrações, danças, artesanato, mesas redondas, pajelança, gastronomia, costumes e tradições. O encontro se configura como uma oportunidade de interação entre as culturas indígenas e não-indígenas, valorizando a troca de saberes.

Programação 

Na quarta-feira (18) a programação começa com a Mesa Redonda com o tema “Povos indígenas: Quem somos e como somos na atualidade” (8h). Em seguida, oficinas de pintura corporal, danças, jogos e brincadeiras indígenas (9h15). À tarde, Mesa Redonda (13h30); apresentação cultural, oficina de pintura corporal (15h30). Para encerrar, noite cultural indígena com cantos, danças, pajelança e gastronomia (19h).

No Dia do Índio (19), a programação começa com a Mesa Redonda ”Povos Indígenas: Quem somos e como somos na atualidade” (8h). Em seguida, oficina de pintura corporal (9h15). À tarde, Mesa Redonda (13h30), apresentação cultural, oficina de pintura corporal (15h30) e o encerramento do evento (17h).   

Confira a programação completa:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTodo mundo, menos Mauro Mendes
Próximo artigoSTF aceita denúncia e Aécio vira réu por corrupção

O LIVRE ADS