Sessão Vitrine traz a Cuiabá quatro lançamentos de destaque nacional

O primeiro é o documentário sobre vida e obra de Torquato Neto, exibido nesta terça-feira, às 19h30, no Cine Teatro Cuiabá

Mais uma Sessão Vitrine Petrobras chega a capital mato-grossense através da parceria com o Cine Teatro Cuiabá, que exibe, até junho, quatro filmes de destaque nacional. A partir desta terça-feira (20), uma produção será exibida mensalmente, sempre às 19h30.

Os ingressos saem a preço simbólico, R$ 4 e R$ 2 (meia entrada), adquiridos na bilheteria do local.

O filme que abre a programação será “Torquato Neto: Todas as Horas do Fim”, documentário que pela primeira vez dá vida à figura e obra do poeta piauiense Torquato Neto. Dirigida por Eduardo Ades e Marcus Fernandes, a produção acaba de sair do forno, lançada nacionalmente no dia 8 de março, a mais recente da programação.

 

Artista múltiplo, Torquato Neto foi um dos pensadores mais ativos do movimento Tropicália, nos anos 60, atuando em diversas linguagens e deixando sua marca na poesia, na música, no cinema, no jornalismo e na produção cultural.

Com o objetivo de investir na formação de novas plateias e fortalecer o circuito audiovisual brasileiro, a distribuidora Vitrine Filmes exibe produções que se destacam nos principais festivais brasileiros e internacionais. Confira os filmes que estarão em cartaz em Cuiabá:

Torquato Neto: Todas as Horas do Fim
Brasil, 88 min, documentário, 2018

Sinopse: Torquato Neto (1944-1972) vivia apaixonadamente as rupturas. Atuando em múltiplas frentes – no cinema, na música, no jornalismo –, o poeta piauiense engajou-se ativamente na revolução que mudou os rumos da cultura brasileira nos anos 60 e 70. Foi um dos pensadores e letristas mais ativos da Tropicália, parceiro de Gilberto Gil, Caetano Veloso e Jards Macalé. Junto à arte marginal, radicalizou sua atuação e crítica cultural, com Waly Salomão, Ivan Cardoso e Hélio Oiticica. Por fim, rompe com sua própria vida. Suicida-se no dia de seu aniversário de 28 anos.

Severina
Brasil/Uruguai, 100min, espanhol, ficção, 2018

Sinopse: A vida de um livreiro, melancólico e aspirante a escritor, é abalada pelas aparições e desaparições de sua nova musa que rouba na sua livraria. Logo, ele descobre que ela rouba nas livrarias de outros livreiros também. Então, ele começa a viver um delírio amoroso, na fronteira entre a ficção e a realidade. No entanto, quanto mais se aproxima dela, mais indescritível ela se torna: Por que ela rouba e quais são seus valores? Quem é o homem mais velho com quem ela mora? O que é verdadeiro ou apócrifo nessa história? E, além disso, ele enfim conseguirá ocupar um lugar na vida dela, ao mesmo tempo em que se afasta de sua própria vida?

Todos os Paulos do Mundo
Brasil, 80 min, documentário, 2018

Sinopse: Uma homenagem aos 60 anos de carreira do ator Paulo José, completados em 2017. Um compilado com diversas cenas marcantes da carreira de Paulo, narradas por depoimentos escritos por ele.

Baronesa
Brasil, documentário, 2017

Sinopse: Uma guerra entre traficantes na Vila Mariquinhas, na Zona Norte de Belo Horizonte, faz com que Andreia queira sair da comunidade onde mora e que ajudou a construir.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCasal é preso com veículo roubado no bairro Araés
Próximo artigoCom cobrança de bagagem, preço de passagens aéreas não reduziu

O LIVRE ADS