Servidores comemoram vista

A celebração tem como pano de fundo um aumento na verba indenizatória pleiteada por alguns

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Servidores do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE-MT) comemoraram, em um grupo de WhatsApp, o pedido de vista feito pelo conselheiro Moisés Maciel sobre o caso da construção do estacionamento da Assembleia Legislativa, que teria sido superfaturado em alguns milhões. 

No último dia 12, o LIVRE informou que a conselheira interina Jaqueline Jacobsen, do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), pediu que sejam devolvidos R$ 16,6 milhões aos cofres públicos, por superfaturamento na construção do estacionamento do teatro da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Na mesma sessão, Moisés pediu vista.

A aclamação, segundo informam servidores contrariados com a situação, é porque eles acreditam que, sem fustigar os deputados com esse processo, há mais chances de a AL aprovar um pleito deles que aumenta a verba indenizatória (VI) dos atuais R$ 7.200 para R$ 13 mil. 

Em tempo: na sessão plenária desta quarta-feira (20), Moisés Maciel não devolveu o processo e pediu prorrogação de vista até a próxima semana. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

2 COMENTÁRIOS

  1. Isso seria o fim do mundo. Total falta de respeito com aqueles que passaram anos trabalhando nesse emblemático processo. Dignidade não tem preço. Mas parece que muitos não pensam assim.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVereador pede afastamento da prefeita de Sinop, por improbidade administrativa
Próximo artigoIdoso cai no golpe do depósito adiantado em Sinop