Servidora encontra câmera escondida no banheiro da Câmara de Vereadores

Funcionária deixou o equipamento com o assessor jurídico e depois foi informada que a câmera havia sumido

Foto: Reprodução/Montagem

A Polícia Civil investiga um caso de violação à preservação de direito, registrado por uma funcionária da Câmara dos Vereadores de Barão de Melgaço (distante 120 km de Cuiabá). Segundo contou à polícia, ela teria encontrado uma câmera espiã dentro do banheiro feminino da unidade.

Foi no dia 3 de agosto quando a funcionária, identificada como J.D.S, de 31 anos, foi ao banheiro do plenário da casa, após o encerramento da sessão, e percebeu o objeto.

Segundo contou, a câmera, que possui entre cinco e dez centímetros, estava presa com uma fita adesiva no chão do banheiro, próximo a pia. O objeto ainda estaria gravando, pois emitia uma luz azul.

Quando saiu, ela comunicou o vereador Denas Francisco e o assessor jurídico da Câmara, Saulo, sendo que o advogado ainda teria tentado acessar o conteúdo da gravação utilizando alguns cabos conectores diferentes.

A servidora então teria ido até sua casa, no bairro Vila Moura, localizar algum cabo para encaixar no aparelho e conseguir assim visualizar as imagens gravadas. No meio tempo, o equipamento teria ficado com o assessor jurídico Saulo.

Enquanto estava em casa, porém, ela recebeu uma mensagem do advogado, que contou que havia esquecido a câmera em cima de sua mesa na sala da Administração e que, ao retornar, não encontrou o objeto.

O presidente da casa, vereador Joilson do Baião, foi comunicado e esteve na delegacia para o registro da ocorrência.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorArthur Nogueira estreia sabatina dos candidatos no LIVRE; confira
Próximo artigoBanco da Amazônia lança Editais de Patrocínio 2019