Série de “Watchmen” da HBO não será uma adaptação direta dos quadrinhos

Após o anuncio da HBO que estaria trabalhando no desenvolvimento de uma série adaptada de “Watchmen“, muitos fãs da aclamada graphic novel de Alan Moore ficaram curiosos para saber se a nova adaptação seria mais fiel ao material original, quando comparada ao filme homônimo dirigido por Zack Snyder. Porém recentemente o criador da série, Damon Lindelof, sugeriu que a produção não será uma adaptação tão diretamente influenciada pelos quadrinhos.

“[Adaptar] pode ser a palavra certa. Você assistiu ‘Fargo’? Eu não chamaria a versão da série de Noah Hawley de adaptação, porque o filme existe dentro desse universo e tudo o que aconteceu nele, antecede a série de ‘Fargo’. Eles encontraram uma mala com dinheiro na primeira temporada e você pensa: ‘Oh, isso veio do filme’. Mas também é Noah explorando outras áreas além do que os irmãos Coen fizeram.”

Lindelof comparou o tratamento dele para a série com o que o próprio Moore fez quando criou o material original:

“Esse é o espírito que Alan Moore teve com ‘Watchmen’ em primeiro lugar. Ele criou isso – é um material original – mas a base para esse mundo está em outros personagens que a DC havia acabado de adquirir da Charleton Comics. E ele arrasou com esses personagens.”

Na trama do filme, em 1977 foi aprovada pelo congresso norte-americano a Lei Keene, que proibia as atividades de mascarados no combate ao crime. Isto fez com que vários super-heróis deixassem a carreira, como o Coruja (Patrick Wilson) e Espectral (Malin Akerman). Outros, como o Comediante (Jeffrey Dean Morgan) e o Dr. Manhattan (Billy Crudup), passaram a trabalhar para o governo. Dois anos antes da implementação desta lei Adrian Veidt (Matthew Goode) decidiu revelar sua identidade como Ozymandias, dedicando-se a partir de então na construção de um império econômico. Em 1985 o mundo vive o clima da Guerra Fria, no qual um ataque nuclear pode acontecer a qualquer momento, vindo dos Estados Unidos ou da União Soviética. Neste clima de tensão política Edward Blake, o Comediante, é assassinado. Em seu funeral comparecem, em momentos diversos, seus antigos companheiros. Entre eles está Rorschach (Jackie Earle Haley), que acredita que sua morte seja o indício da existência de um assassino de mascarados.

Já quanto a série, até o momento nenhuma informação de elenco foi divulgada e a produção ainda não tem previsão de estreia.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBotelho fala sobre sucessão, fundo de equilíbrio fiscal e possível reforma tributária
Próximo artigoCom mudança na lei, Marcrean assume vaga de Daltinho e se torna 1º vereador-deputado