“Será um ultimato”, diz Bolsonaro sobre manifestação do dia 7 de setembro

Sem citar nomes, Bolsonaro disse que dois ministros do Supremo estão no caminho errado e pediu respeito à Constituição

Presidente Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Corrêa/PR)

O presidente Jair Bolsonaro voltou a falar sobre as manifestações que ocorrerão no dia 7 de setembro pelo país. Em sua passagem pela Bahia, nesta sexta-feira (03), Bolsonaro afirmou que as manifestações serão um ato de patriotismo e um recado para alguns.

De acordo com Bolsonaro, o povo brasileiro não irá admitir que forças externas tentem decidir o rumo do país. O presidente ainda disse, sem citar nomes, que o ato será um recado para duas pessoas.

“Nós não criticamos instituições ou Poderes. Somos pontuais. Não podemos admitir que uma ou duas pessoas, usando da força do poder, queiram dar outro rumo para o nosso país. Essa uma ou duas pessoas têm de entender o seu lugar. E o recado de vocês, povo brasileiro, nas ruas, na próxima terça-feira, dia 7, será um ultimato para essas duas pessoas”, disse Bolsonaro.

Recado ao Supremo Tribunal Federal

Bolsonaro ainda pediu respeito à Constituição e que dois ministros do Supremo Tribunal Federal estão no caminho errado.

“Curvem-se à Constituição, respeitem a nossa liberdade, entendam que vocês dois estão no caminho errado, porque sempre dá tempo para se redimir”, prosseguiu o presidente.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPM lança Operação Independência para garantir segurança no feriado prolongado
Próximo artigoGovernador diz que militares não poderão ir a manifestações no dia 7