Será que é preciso mesmo consumir os alimentos integrais?

A resposta é: depende! E você deve estar se perguntando, como assim depende? Bom, depende do seu objetivo, depende da quantidade que você vai ingerir e também da qualidade desse alimento.

Os alimentos integrais tem como benefício dar mais saciedade, melhorar o trânsito intestinal e também auxiliar a reduzir a glicose e melhorar o perfil lipídico.

Mas a quantidade deve ser observada, já que uma fatia de pão branco tem somente 40 kcal a mais que uma fatia de pão integral, ou seja, a substituição deve ser feita pensando nos benefícios da fibra e também para maior saciedade. A diferença de calorias se torna ainda menor quando comparamos o arroz branco e o integral. Em 100g de arroz integral temos 124 kcal em quanto o arroz branco tem 128 kcal na mesma quantidade! Ou seja, uma diferença calórica mínima, mas a qualidade nutricional é diferente,  tornando o seu consumo vantajoso.

Outra questão que deve ser observada é a qualidade desse produto, você deve se atentar não somente a tabela nutricional, mas também na lista de ingredientes. Os componentes são descritos em ordem decrescente, ou seja, os que aparecem primeiro são aqueles que estão em maior quantidade no produto. No caso dos produtos integrais, o primeiro componente deve ser a farinha integral.

Então, para uma melhor saúde intestinal, para pacientes com glicose e colesterol alterados e para quem deseja perder peso, os alimentos integrais podem e devem estar presentes no dia a dia. Mas antes procure um profissional para que seja elaborado um plano alimentar de acordo com as suas necessidades, já que a nutrição é individualizada.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBolo de arroz vegano? UFMT tem feirinha de inovações culinárias
Próximo artigoPra curtir na hora do almoço: listamos 5 séries curtinhas

O LIVRE ADS