Senai Várzea Grande vira referência em automação, controle e redes industriais

Tecnologias disponíveis e amplo espaço pedagógico surpreendem autoridades

Fofo: Assessoria

A primeira unidade do Senai no estado, inaugurada há 39 anos em Várzea Grande, está de cara nova. Laboratórios de última geração, salas de aulas modernas, equipamentos de ponta e ambientes que estimulam a criatividade e o empreendedorismo fazem parte de um amplo investimento em tecnologia, inovação e, principalmente, em pessoas. O Senai foi apresentado às autoridades, estudantes e comunidade na noite de ontem (28) e mostrou que a Indústria 4.0 já é realidade em Mato Grosso.

Os visitantes percorreram os principais ambientes laboratoriais e puderam conhecer equipamentos, sistemas e processos que integram a tecnologia necessária para um parque fabril automatizado. A unidade também se destaca pelo amplo e completo laboratório de soldagem, onde os estudantes serão capacitados em todos os tipos de solda, exceto a subaquática. São 14 modalidades no total.

A unidade recebeu um investimento de R$ 21 milhões em infraestrutura, equipamentos e maquinário. No local são ofertados cursos de educação inicial e continuada, técnicos e graduação tecnológica por meio da Faculdade Senai de Tecnologia (Fatec Senai MT), além de Soluções em Tecnologia e Inovação para 19 municípios.

A diretora regional do Senai MT, Lélia Brun, fez um tour virtual com todos os visitantes apresentando os ambientes que totalizam uma área de 12,9 mil metros² construídos. Ela evidenciou a vocação da unidade para áreas como Metalmecânica, Automação, Eletroeletrônica, Automotiva, Refrigeração e Climatização. “O Senai tem o propósito de ser uma instituição de vanguarda. É o futuro que nos faz estar aqui hoje para conhecer as novas e modernas instalações pensadas e estruturadas com o propósito de atender à Indústria 4.0”.

O presidente do Sistema Fiemt, Jandir Milan, tratou a inauguração como um marco e lembrou que Várzea Grande é chamada de Cidade Industrial. “A indústria é a vocação de Várzea Grande e tanto o Senai quanto as demais instituições do Sistema Fiemt estão aqui para garantir o apoio necessário para que esta vocação se consolide”.

O atual gerente do Senai Várzea Grande, José Barbosa, que esteve presente na inauguração da unidade em 1979, como instrutor de manutenção industrial, diz-se orgulhoso em ver o progresso e a expansão da instituição ao longo dos anos. “Sou privilegiado em ter acompanhado toda a evolução da unidade. O Senai, mais uma vez, chega ao ápice. É um orgulho fazer parte da escola até hoje e ter crescido profissionalmente graças ao incentivo e a valorização que o Senai sempre tem com seus funcionários e estudantes”.

Também marcaram presença no evento a prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos, os ex-prefeitos de Várzea Grande e ex-governadores Jayme Campos e Júlio Campos, o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Leopoldo Mendonça e o deputado federal Fábio Garcia, além de professores, estudantes, funcionários e familiares.

Júlio Campos, enquanto prefeito, viabilizou a doação do terreno onde está construído o Senai e o Sesi de Várzea Grande. Ele contou que à época não se podia imaginar a grandeza desta obra para o município. “Valeu a pena acreditar neste sonho. Depois de 40 anos voltar aqui e ver essa tecnologia e esse avanço. Nós só temos a agradecer por todo o investimento que o Senai fez no ensino técnico e hoje na faculdade”.

De acordo com a prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos, nestes 39 anos da unidade do Senai VG milhares de técnicos foram formados e contribuíram significativamente com o desenvolvimento da indústria de todo o estado. “A prefeitura de VG reconhece e se coloca como parceira desta instituição. Nada é mais valioso do que superar os obstáculos da vida por meio da educação. São esses os profissionais que vão construir o futuro”.

Atendimento

A partir desta sexta-feira (29), das 8h às 22h, a unidade fará o atendimento ao público que quiser conhecer as novas estruturas e também fazer a inscrição para as vagas abertas. Neste mês, começam a ser ofertados na unidade os novos cursos ligados a indústria 4.0. Entre eles, o de Microcontrolador PIC, Instrumentação E Controle de Processos Industriais, Automação Hidráulica Industrial, Automação Pneumática Industrial, CLP Siemens – Step 7 (avançado), Inversores, Redes Industriais e Sistema Supervisório, entre outros.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPublicado decreto que reserva 30% de vagas de estágio para negros
Próximo artigoVinte partidos assinam acordo contra proliferação de notícias falsas