Senado como plano B

Eduardo Botelho diz que poderá concorrer a uma vaga no Senado no próximo ano

Foto: Ednilson Aguiar/O Livre

O deputado estadual Eduardo Botelho (DEM) diz que concorrer ao Senado em 2022 é uma opção para atender ao partido. A cúpula democrata deve ter a primeira reunião sobre a campanha eleitoral na próxima semana. 

Ele admitiu que vem sendo cogitado para a vaga que será aberta com o fim do mandato de Wellington Fagundes (PL). Porém, essa estratégia seria um plano B. 

Seu projeto pessoal, e “no qual estou focado”, é renovar o mandato na Assembleia Legislativa, na chapa com ao menos seis nomes que o DEM tem intenção de lançar.  

“Meu voto é estadual, mas estou capacitado para exercer qualquer cargo. Se o partido precisar, o Senado é uma opção”, afirmou.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDal Bosco nega bloqueio de bens
Próximo artigo“Ele só ganha na fraude”, diz Bolsonaro sobre eventual candidatura de Lula