Senado aprova plano emergencial para controle covid-19 entre indígenas e quilombolas

Famílias poderão receber um salário mínimo até o fim da pandemia e medidas sanitárias serão adotadas

O Senado aprovou um projeto de lei que estabelece um plano emergencial de combate ao avanço da covid-19 entre indígenas, quilombolas e comunidades tradicionais.  

O texto, aprovado em votação simbólica nessa terça-feira (16), é de autoria da deputada federal por Mato Grosso Rosa Neide (PT). 

Entre as medidas previstas estão o pagamento de auxílio emergencial no valor de um salário mínimo (R$ 1.045) por família, enquanto durar a pandemia, e a adoção de medidas sanitárias. 

A proposta também assegura o acesso universal à água potável, a distribuição gratuita de materiais de higiene e de limpeza e a visita de equipes multiprofissionais de saúde indígena treinadas para enfrentamento da covid-19.  

Indígenas e quilombolas passarão a ser classificados como população risco ao contágio por causa da exposição.

O projeto ainda precisa ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro para ter validade na prática.

Mato Grosso tem a sexta maior população indígena do Brasil. São cerca de 42 mil pessoas, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Eles representam 5,2% do total da população brasileira indígena.    

Quadro do contágio

O último boletim epidemiológico da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), divulgado em 1º de junho, revelou entre os indígenas 387 casos suspeitos, 1.371 casos confirmados e 52 óbitos pela covid-19. 

Na mesma data havia notificação de casos confirmados para a doença em 82% dos distritos sanitários especiais indígenas pelo Brasil.  

Sesai registra exclusivamente os casos de indígenas aldeados. O Comitê Nacional pela Vida e Memória Indígenas monitora os casos fora das terras indígenas. O grupo registrou, em 6 de junho, 2.390 indígenas contaminados, 236 mortes e 93 povos indígenas atingidos pelo coronavírus. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHistória de uma pesquisa
Próximo artigoListamos 5 eventos aguardados em MT e que seguem cancelados devido à pandemia