Semob realiza leilão de veículos apreendidos ou removidos há mais de 60 dias

O leilão é classificado como conservados, sucatas aproveitáveis, sucatas aproveitáveis com motor inservível, ou sucatas inservíveis

Foto: Assessoria

A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) realiza no próximo dia 19 de maio mais um leilão de veículos apreendidos e não retirados por seus proprietários dentro dos prazos e forma da legislação pertinente.

O trâmite será realizado a partir das 9 horas pela empresa Foco Leilões – somente na modalidade on-line -, através do sítio eletrônico www.focoleiloes.com.br.

O leilão é classificado como conservados, sucatas aproveitáveis, sucatas aproveitáveis com motor inservível, ou sucatas inservíveis.

Os veículos e demais lotes previstos para alienação, constantes nos Anexos I e II, poderão ser visitados pelos interessados no período de visitação, que será nos dias úteis de 13, 14, 17 e 18 de maio de 2021, das 09h às 12h e 14h às 16h, no seguinte local: pátio da Rodando Legal – SEMOB-MT, localizado na Rua Beira Rio, S/N, Lote A01, Bairro Jardim Bela Marina, CEP 78000-000.

As fotos divulgadas no site www.focoleiloes.com.br serão meramente ilustrativas, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens.

A quantidade de pessoas no pátio poderá ser limitada, no intuito de preservar as definições dos Governos Municipal, Estadual ou Federal, diante do cenário de pandemia da covid-19. As regras serão estabelecidas e divulgadas na unidade/ ou no site do leilão.

O procedimento é realizado de acordo com as Leis Federais nº 8.078, de 1990, Lei nº 8.666, de 1993, Lei nº. 9.503, de 1997, Lei nº. 13.160, de 2015, Decreto Federal nº. 21.981, de 1932, Resolução Contran nº. 623, de 2016, bem como a legislação afim.

O edital de leilão contendo as especificações e as condições de participação, bem como a relação dos lotes, está disponível no site www.focoleiloes.com.br.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVícios do Legislativo
Próximo artigoLiberdade ao comércio