Semana de Incentivo ao Parto Normal e Humanizado é tema de audiência pública

O Projeto de Lei nº 146/2017, que estabelece a “Semana de Incentivo ao Parto Normal e Humanizado” em Mato Grosso, será tema de audiência pública no mês de maio, quando se comemora o Dia das Mães. O debate será realizado no dia 10 (quinta-feira), às 14h, no auditório Milton Figueiredo, na Assembleia Legislativa, e contará com a presença de profissionais da área da saúde.

A proposta, de autoria do deputado Wancley Carvalho (PV), coordenador da Frente Parlamentar em Defesa das Práticas Integrativas em Saúde (Frente Holística), tem por objetivo instituir uma semana de incentivo ao parto normal e humanizado no calendário oficial de eventos do estado.

“A audiência pública vai abordar o assunto e ajudar as pessoas entenderem sobre a importância da escolha do parto normal, para mãe e bebê. Nela, profissionais da área da saúde estarão presente para explicar os mitos e apontar as verdades que rodeiam esse tema tão importante. É uma cultura da desinformação que, anualmente, vamos mudando”, ressaltou o parlamentar.

A proposta foi aprovada em primeira votação e está tramitando na Comissão de Constituição, Justiça e Redação, na ALMT, e aguarda os desdobramentos da audiência pública para ser votada em plenário pela segunda vez.

A presença de doulas nos hospitais públicos e privados de Mato Grosso durante o trabalho de parto e pós-parto está garantida. A lei, também de autoria do parlamentar, foi sancionada pelo governador Pedro Taques em fevereiro de 2018.

Agora, as maternidades, casas de parto e hospitais da rede pública e privada ficam obrigados a permitir a presença de doulas durante o período de trabalho de parto, parto e pós-parto imediato, sempre que solicitadas pela parturiente, sem ônus e sem vínculos empregatícios com os estabelecimentos hospitalares.

 

Com Assessoria

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAgência do Bradesco em Alto Taquari é furtada e fica destruída
Próximo artigoPrefeitura de Alto Araguaia abre inscrições para estágio remunerado