Sem trilhos, com árvores

Prefeitura de Cuiabá planta 250 mudas de ipês no trajeto em que, um dia, se sonhou construir o VLT

Ipê rosa, uma das espécies que podem florescer em breve na Fernando Corrêa (Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Cada vez mais o projeto (?) do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) – principalmente a linha que ligaria o Coxipó à região central de Cuiabá – parece estar morto e enterrado.

A última “pá de cau” parece ter sido depositada pela Prefeitura de Cuiabá, que deu início ao plantio de 250 mudas de Ipês, de diferentes espécies no canteiro central da Avenida Fernando Corrêa da Costa.

Até o momento, cerca de 100 árvores já foram plantadas no trecho iniciado na altura da Praça dos Motoristas.

“É uma ação que deixa as avenidas mais belas, principalmente, quando chegar a época de florescer”, comentou o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).

Nem dá para discordar. A iniciativa é quase uma indenização à Capital, que perdeu 2,5 mil árvores em troca de um meio de transporte que nunca saiu do papel.

As árvores foram uma doação do Projeto Verde Novo, liderado pelo Juizado Volante Ambiental (Juvam), do qual a Prefeitura de Cuiabá é parceira.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorO pico já foi
Próximo artigoAdolescente salva cinco irmãos de incêndio em casa, mas bebê de nove dias morre carbonizada