Sem tempo para emagrecer? Listamos os 3 melhores treinos para queimar calorias

Vinte minutos por dia são mais que suficiente e, se você fizer um esforcinho, nem vai alterar tanto assim sua rotina

(Foto: Freepik)

Encontrar um tempo para uma atividade física dentro da rotina diária de afazeres, nem sempre é fácil. Mas com um pouquinho de organização, 20 minutos podem fazer diferença para aquele resultado na balança (e na qualidade de vida).

Por isso, o LIVRE reproduz aqui a lista que o site Adidas Runtastic criou, com 3 tipos de treino rápidos e que prometem uma grande queima de calorias.

1. Treino “tabata”

Uma das principais vantagens do treino tabata é que você pode variar, sem variar. Em outras palavras, quer dizer que você pode fazer diferentes exercícios, mas sempre mantendo o mesmo modelo.

A estrutura é simples: são 20 segundos executando o exercício escolhido da maneira mais rápida e intensa que você conseguir e 10 segundo descansando. Daí é só repetir isso por 8 séries.

A Tabata pode queimar até 15 calorias por minuto, o que resulta em 400 calorias em meia hora.

Em plataformas de streaming é possível encontrar músicas já adaptadas para o treino, que te “avisam” quando começar e quando parar. E para quem precisa de mais inspiração, o Adidas Runtastic criou essa lista de treinos Tabata.

2. Treino intervalado de corrida

Também é simples: basta alternar momentos de corrida intensa com momentos de corrida mais leve. E vale para quem ainda está iniciando nessa atividade. Nesse caso, os intervalos de corrida são alternados com intervalos de caminhada.

O tempo pode estipulado pelo próprio corredor. Quem já pratica o exercício e quer ganhar desempenho, por exemplo, pode fazer 30 segundos intensos e 2 minutos de recuperação (a corrida mais lenta).

E quem está iniciando, pode optar por intervalos mais igualitários: 1 ou 2 minutos de corrida para cada 1 ou 2 minutos de caminhada.

A vantagem desse tipo de treino é que a queima calórica continua ocorrendo mesmo depois que você para. E se você prefere nadar ou pedalar, a tática também é válida.

3. Pular corda

Aqui você vai treinar a parte superior e inferior do corpo ao mesmo tempo. E, além de queimar várias calorias, vai notar melhora na sua coordenação motora e no desempenho cardíaco (nem pensar em ficar ofegante por causa de uma simples escada para chegar em casa).

Uma das melhores parte é que você pode unir o pular corda com o tabata ou também fazer um treino intervalado, como o da corrida.

A ressalva é quanto ao impacto nas articulações. É preciso amortecer os saltos e usar um tênis adequado também ajuda.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPais já podem acompanhar histórico escolar via aplicativo
Próximo artigoPandemia não deixou brasileiros mais solidários: 95% diz que já praticava ações