Sem interrupção: Energisa MT reduz em 50% tempo de desligamentos programados

Inovação e tecnologia permitem que Energisa Mato Grosso realize manutenções sem interrupção do abastecimento

(Foto: Divulgação)

A manutenção da rede elétrica é um trabalho silencioso, que muitas vezes passa despercebida, mas que é fundamental para o fornecimento de energia das cidades. Para atuar de forma preventiva e corretiva em toda essa extensão, que abrange 141 municípios em Mato Grosso, a Energisa conta com dezenas de funcionários que, diariamente, vão às ruas trabalhar no sistema e, assim, minimizar as chances de problemas no serviço.

A tecnologia é uma importante aliada nessa atuação. Com métodos e equipamentos cada vez mais modernos, é possível manter o sistema em operação de forma confiável e segura, mesmo quando há necessidade de manutenção em algum trecho.

O serviço conhecido como Linha Viva é um exemplo disso. Ele possibilita que as equipes trabalhem com a rede ligada, ou seja, sem a necessidade de interrupção do sistema.

A utilização do serviço de Linha Viva já evitou em média 2,15 horas por dia de interrupção do sistema durante manutenções só em 2020. E mesmo nos casos em que o desligamento programado ainda se faz necessário, números da Energisa mostram que a duração média desses desligamentos teve redução de 50%, em 2020, em comparação com ano anterior.

Quando ocorre o desligamento programado?

Para garantir mais qualidade no fornecimento de energia aos seus clientes, a Energisa realiza constantemente obras e reparos no sistema elétrico que, por questões técnicas, algumas vezes necessitam de desligamentos programados. Essas suspensões temporárias são necessárias para que sejam executadas as melhorias na rede elétrica de forma segura.

Quando ocorre esse tipo de interrupção no fornecimento de energia, os clientes são previamente comunicados, para que possam se programar para o intervalo em que a rede elétrica estará desligada. A programação é publicada semanalmente no site www.energisa.com.br – no banner “desligamento programado”.

A Energisa informa quando necessitará interromper o fornecimento de energia com, pelo menos, 72 horas de antecedência por meio do site, de cartas, avisos em rádios e carros de som.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMortes por covid-19 caem 25% em 10 dias em Mato Grosso
Próximo artigoBrasil recebe hoje primeiro lote de vacinas da Pfizer