Sem comprovação, página de esquerda acusa morador de Fortaleza de racismo

A página Mídia Ninja divulgou a foto de um apartamento com a bandeira libertária, dizendo ser racista

(Foto: reprodução)

Durante o fim de semana, um blog de esquerda causou revolta nas redes sociais por uma publicação polêmica. Na publicação, a página Mídia Ninja divulgou a foto de um prédio, acusando, sem qualquer comprovação, um morador de racismo.

A postagem causou revolta nas redes sociais, onde internautas acusaram o grupo midiático de perseguição ideológica. Depois da polêmica, os administradores da página fecharam os comentários.

Na foto, é possível ver uma bandeira de Gadsden, a bandeira representa o movimento libertário que tem como pautas liberdades civis. Não há qualquer pauta racial no movimento libertário.

Falsa acusação de racismo

Na publicação, a página argumenta que a bandeira de Gadsden é usada em movimentos “supremacistas” americanos.

“Parece até piada. Mas não é. Recebemos hoje a denúncia de uma pessoa que transitava próximo à universidade Christus, área “nobre” de Fortaleza, e viu a seguinte imagem”.

“É visivelmente a bandeira usada bastante por movimentos supremacistas, ultra nacionalistas e pró-Trump nos EUA”, diz a publicação.

Comentários apagados

Após internautas explicarem que a bandeira em nada representa pautas raciais, os administradores apagaram os comentários.

Em seguida à polêmica, os responsáveis pela página proibiram novos comentários chegando a bloquear seguidores.

Veja a publicação original

(Print da página Mídia Ninja Fortaleza)

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDEM aposta em Mandetta
Próximo artigoJustiça mantém demissão de PM que aplicou golpe em idoso em MT