Sem carnaval

AMM reforça a orientação de não realização das festas no mês de fevereiro, por conta dos registros de casos da covid-19 e gripe Influenza

(Foto: Suellen Pessetto/ O LIVRE)

A Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) emitiu uma nota reforçando a recomendação aos prefeitos de não realizarem festas de carnaval. A justificativa para o pedido é o número de confirmações de casos da covid-19 e gripe Influenza no Estado.

O comunicado foi repassado nesta quinta-feira (6) e reiterou o pedido já feito em novembro de 2021. Na ocasião, a AMM orientou pela não realização das festividades natalinas e também carnavalescas.

O presidente da AMM, Neurilan Fraga, disse que os recentes registros de contaminação por Covid-19 e gripe, simultaneamente, em uma mesma pessoa, também está colocando a comunidade médica e toda a sociedade em estado de alerta. Portanto, pondera que o momento é de prudência para evitar novas contaminações.

“Após as festas de final de ano foram registrados dezenas de casos de síndrome respiratória aguda grave, muitos ocasionados pelos quadros de covid-19 e Influenza. Sendo assim, qualquer tipo de aglomeração neste momento pode ocasionar uma situação de nova calamidade no país, que já se encontra diante de um surto  de  gripe  e  do  avanço  da  variante ômicron  do coronavírus”, assinalou.

Fraga ressaltou ainda que a decisão em cancelar o Carnaval e outros tipos de eventos que gerem aglomeração é do prefeito, mas que é importante os gestores avaliarem bem as recomendações das autoridades em saúde e os levantamentos técnicos que indicam aumento de casos e risco de agravamento da emergência sanitária.

(Com informações da assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBolsonaro defende que pais tenham direito de não vacinar filhos contra o coronavírus
Próximo artigoMorre o ex-reitor da Unemat