Selma chama de “armação política” denúncia de caixa 2

Selma diz que irá processar publicitário

Acusada de realizar campanha com caixa 2, a candidata ao Senado pelo PSL, Juíza Selma Arruda, classificou como ‘armação eleitoral’ a ação judicial do publicitário Junior Brasa, da Genius Publicidade, que cobra dela o pagamento de 1,16 milhão.

O valor questionado é referente a um contrato de prestação de serviços que foi rescindido recentemente. Segundo Selma, o publicitário a estava chantageando há alguns dias, desde que seus serviços foram dispensados.

A juíza aposentada determinou aos seus advogados que entrem, ainda neste sábado (29), com uma Queixa-Crime por Crime de Chantagem e Extorsão contra o profissional.

“Eu não acreditei que o publicitário iria cumprir a chantagem, até porque imaginei que nossa divergência era apenas de valores, mas não imaginava que ele iria se prestar a participar de um jogo sujo desses, senão já teria tomado as medidas criminais cabíveis”, lamentou Selma.

A candidata disse ainda que entre as provas que irá apresentar em juízo das supostas chantagens do publicitário Junior Brasa, constam, ainda, provas de vazamento de informações confidenciais, como gravações de vídeos que foram vazados aos adversários eleitorais, caracterizando crime de quebra de contrato e violação da ética e sigilo profissionais, além da extorsão já mencionada.

A candidata ainda diz que chama a atenção o fato de que, 12 horas após o ingresso da ação pelo publicitário, o candidato a senador pelo Rede, Sebastião Carlos de Carvalho, ter ingressado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com um pedido de investigação contra ela exclusivamente sobre as alegações da ação do publicitário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSafra 2018/19 de soja começa a ser semeada em Mato Grosso
Próximo artigoAcademia fecha as portas sem avisar e pega alunos de surpresa; veja o vídeo

O LIVRE ADS