Selma Arruda diz que vai “provar boa-fé e garantir respeito aos votos” que recebeu

A senadora Selma Arruda afirmou que irá recorrer da decisão do TRE que cassou seu mandato na noite desta quarta-feira

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Cassada por unanimidade em julgamento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) na noite desta quarta-feira (10), a senadora Selma Arruda (PSL) disse que respeita a Justiça e, exatamente por esse motivo, irá recorrer da decisão às instâncias superiores.

“Vou provar a minha boa fé e garantir que os 678.542 votos que recebi da população mato-grossense sejam respeitados”, afirmou.

Por meio de nota, a juíza aposentada disse ainda que está tranquila com a decisão da Justiça Eleitoral.

“A tranquilidade que tenho é com a consciência dos meus atos, a retidão que tive em toda a minha vida e que não seria diferente na minha campanha e trajetória política”.

Selma Arruda foi cassada sob acusação de prática de caixa 2 e abuso de poder econômico na campanha eleitoral de 2018.

No julgamento, os magistrados ainda declararam ela e seu primeiro suplente, Gilberto Possamai (PSL), inelegíveis pelos próximos oito anos. Desta condenação escapou apenas a segunda suplente da chapa, Cleri Fabiana Mendes (PSL).

Também foi convocada nova eleição para sua vaga no Senado.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAcrimat em Ação finaliza mais um ciclo de palestras no interior de MT
Próximo artigoJustiça torna indisponíveis bens de Riva e Bosaipo por desvio de R$ 1,3 milhão da AL

O LIVRE ADS