Seja homem!

Novembro é um mês de reflexão sobre a saúde do homem, não somente no que tange ao câncer de próstata, mas de uma forma mais ampla, com o objetivo de despertar sobre a importância e o que buscar para melhorar a qualidade de vida do homem.

Temos que pensar em todas as fases da vida do homem e nos cuidados que tem que se atentar para cada período em que vive. O brasileiro do sexo masculino vive cerca de quase 7 (sete) anos a menos em média que a brasileira. Várias são as causas dessa enorme diferença da expectativa de vida entre os sexos, uma delas está na fase da juventude. O jovem brasileiro é mais vítima de acidentes de trânsito fatais e também são as maiores vítimas da violência urbana, homicídios.

Por sua vez, na fase adulta, o homem raramente procura preventivamente o médico ou outro profissional de saúde. Olhemos as recepções dos consultórios médicos, a maioria esmagadora nas salas de espera são mulheres. Isso é reflexo ainda de mentalidade machista, por achar que homem não adoece ou mesmo necessite de acompanhamento regular de saúde. Em via de regra, quando aparecem, ou porque já estão muito doentes ou por insistência de alguém próximo, normalmente do sexo feminino. O resultado disso é o aumento nas estatísticas de óbito masculino.

Nossa secretaria, a SEJUDH é composta de 2132 (dois mil sento e trinta e dois) homens, desse grupo cerca de quase 2.000 (dois mil) tem mais que 35 (trinta e cinco) anos. As perguntas que fazemos aos colegas servidores e a todos os homens que estão lendo esse texto, quando foi a última vez que foi a um médico avaliar a sua saúde? Quando aferiu (mediu) sua pressão arterial? Sua taxa de glicemia é normal? Tem se alimentado e dormido bem? Faz atividades físicas de que forma e qual a frequência? Se tem mais de 45 anos, já foi avaliar sua próstata e fazer exames preventivos? As respostas a essas perguntas está na cabeça de cada um de vocês. Agora é analisar o que você tem feito com sua vida.

Não adianta se achar indestrutível e imortal, porque não somos. Seja um herói para você assim seguirá sendo herói da sua família, filhos e da sociedade. Vista-se da coragem e orgulho de ser homem e cuide-se, pois a maior vítima do preconceito e machismo poderá ser você mesmo.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

  1. Concordo plenamente, Dr, nós homens precisamos parar com essa mentalidade de invencível e nos ater mais para nossa própria saúde, pois, sem saúde não alcançamos nossos projetos e sonhos nem cuidamos de nossas famílias.
    Parabéns pelo post Dr. Peres!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDinossauro descoberto no Brasil recebe o nome de Thanos, por causa de Vingadores
Próximo artigoJustiça rejeita ações contra demarcação de terras indígenas em MS