Seis rambos?

Ministério da Justiça “reforça” segurança da fronteira de MT com a Bolívia

(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O ministro da Justiça Sérgio Moro autorizou na terça-feira (3) o emprego da Força Nacional de Segurança Pública no combate à criminalidade na região de fronteira de Mato Grosso.

Serão enviados para o Estado seis – sim, seis! – policiais civis da Força Nacional para Cáceres.

Eles vão trabalhar por 180 dias dentro da Delegacia Especial de Fronteira, ajudando a concluir inquéritos já em andamento.

O “reforço” equivale a um policial para cada quase 164 quilômetros da fronteira de Mato Grosso com a Bolívia.

A medida faz parte da Operação Vigia que teve início em junho. Na época, o Ministério da Justiça, por meio da Secretaria de Operações Integradas, já havia anunciado que mandaria policiais.

No lugar disso, no entanto, preferiu transferir dinheiro para o governo de Mato Grosso pagar diárias para policiais do Estado serem transferidos para a região de fronteira.

Também se chegou a falar em um investimento de R$ 1 milhão em equipamentos para reforçar essa segurança, mas o recurso não chegou até agora.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorViúva Negra ganha 1º trailer; confira
Próximo artigoRumor aponta que sequência de Spider-Man para PS4 chega no final de 2021

O LIVRE ADS