Seguros para gastar? Vendas no crediário aumentam em Cuiabá

Para especialistas, vendas são termômetro para medir o risco de futura inadimplência

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Os estabelecimentos comerciais em Cuiabá viram as compras parcelas no crediário aumentarem no fim de 2020. Em comparação com dezembro de 2019, a alta foi de 2,1%. Os números foram computados pela Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) tendo em vista as vendas até o dia 27 do mês passado.

A redução do número de inadimplentes no Estado e a maior confiança da população em voltar a comprar parcelado são fatores que podem explicar o aumento nas vendas nessa modalidade.

No crediário, por constituir acesso a um crédito, as parcelas podem conter juros. O consumidor sai do estabelecimento sabendo exatamente quanto pagará e a data de vencimento de cada parcela.

Essa modalidade apresenta alguns fatores positivos, como o número de parcelas que, na maioria das compras, é maior que do cartão de crédito. Além disso, os juros são cerca de 3 vezes menor.

Risco da inadimplência

“Esse aumento das vendas pelo crediário é um termômetro importante para avaliarmos o movimento do comércio neste fim de ano. Mostra que tivemos um número positivo quanto ao consumo”, afirma o superintendente da CDL, Fábio Granja.

Apesar disso, o risco de uma futura inadimplência não é descartado.

“É importante destacar que apesar do número maior de pessoas com crédito no mercado e dos novos entrantes de bons pagadores, o risco da inadimplência por mais que tenha sido reduzido, sempre existirá”, finaliza.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAno novo, vida nova: listamos 5 resoluções para você fazer 2021 ser melhor
Próximo artigoCuiabá pode ter nova onda de calor intenso em 2021