Segunda onda? Preços de exame para covid variam até 90% em Cuiabá

Custo está acima do ofertado em julho do ano passado, mês em que a primeira onda de contágio estava acelerada

(Foto: Polina Tankilevitch / Pexels)

Os preços do exame RT-PCR, considerado “padrão ouro”, para detectar a covid-19 estão variando até 90% em Cuiabá e já estão acima da cotação de julho. Uma sondagem feita pelo LIVRE em cinco laboratórios identificou valores que variam de R$ 240 a R$ 450, com tempo entre três e cinco dias para o resultado. 

O teste mais caro está sendo vendido com a promessa de resultado em duas horas. Ele é classificado como expresso e teria a mesma eficácia de diagnóstico daquele que leva mais tempo. No mesmo laboratório, o RT-PCR tradicional, com três dias de resposta, custa R$ 370. 

A alta pode estar relacionada ao momento de nova aceleração de contágio em Mato Grosso. E o tempo para receber o resultado é um fator que aparece no preço. A oferta mais baixa está em R$ 240, mas pode demorar até cinco dias para a liberação do diagnóstico. 

Em dois laboratórios, o exame tem preços de R$ 280 e prazo iguais para entrega: quatro dias.

No início de dezembro, em outra sondagem, os preços identificados variavam entre R$ 200 e R$ 240. Agora, estão entre 20% e até 90% mais caros. 

Uma pesquisa do Sindicato dos Médicos de Mato Grosso (Sindimed-MT), feita em julho do ano passado, mês em que o contágio diário estava em nível alto, identificou o maior preço na casa dos R$ 400.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLewandowski proíbe governo federal de confiscar agulhas e seringas compradas por SP
Próximo artigoEm MT, Arthur Lira defende privatizações e prega harmonia com Bolsonaro