Seduc e CGE multam empresa de telefonia por inexecução contratual

Ednilson Aguiar/Olivre

CGE,controladoria geral do estado

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) e a Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) aplicaram multa compensatória de R$ 77.197,65 à empresa OI S/A por inexecução de obrigações assumidas no contrato (n. 109/2012/Seduc) de prestação de serviços de telefonia fixa para atender as unidades da Seduc. A sanção foi publicada na Portaria n. 614/2017/CGE-COR/Seduc, disponível no Diário Oficial do Estado qe circulou nesta segunda-feira (19.02).

No processo administrativo instaurado por meio da Portaria Conjunta n. 20/2016/CGE-COR/Seduc, com fundamento na Lei de Licitações (Lei Federal n. 8.666/1993), ficou caracterizado que a empresa cobrou R$ 72.015,31 da Seduc referentes a débitos indevidos por ligações originárias de linhas não contratadas e canceladas no decorrer do ano de 2015.

Por isso, a comissão processante opinou pela aplicação de multa compensatória no percentual de 5% sobre o valor atualizado do contrato (na ordem de R$ 1.543.953,11, com base no 5º aditivo).

Como órgão central da área de Corregedoria no Poder Executivo Estadual, a CGE-MT é responsável por efetuar a admissibilidade dos processos, definir as diretrizes e os fluxos na condução dos procedimentos administrativos contra empresas, supervisionar os prazos, bem como orientar e capacitar os cerca de 200 servidores atuantes na atividade de correição em todas as secretarias.

A Controladoria tem também a prerrogativa de instaurar e conduzir diretamente os processos de maior complexidade, relevância e repercussão social, como os relativos à Operação Sodoma, Operação Rêmora e às obras da Copa do Mundo, bem como os procedimentos em que haja o envolvimento de mais de um órgão. A CGE pode, inclusive, avocar procedimentos já em andamento em qualquer órgão ou entidade do Poder Executivo Estadual.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGoverno avança na formatação do Fundo de Estabilização Fiscal
Próximo artigoJuiz decreta soltura e Arcanjo vai deixar a prisão na próxima segunda-feira

O LIVRE ADS