|Terça-feira, 22 Janeiro 2019
(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Secretário responsável por caravana diz que governo está “no escuro” com Operação Catarata

Secretário de Estado de Assuntos Estratégicos José Arlindo de Oliveira diz que Ministério Público "deve estar equivocado"

COMPARTILHECOMPARTILHE

O secretário de Estado de Assuntos Estratégicos e responsável pela Caravana da Transformação, José Arlindo de Oliveira, disse que o governo está no “escuro” tentando “adivinhar” o que o Ministério Público tem guardado e que motivou a deflagração da Operação Catarata.

“Todos os procedimentos, que são documentos públicos, foram alvo da busca e apreensão, e o processo está em segredo de justiça. Então estamos sem elementos, mas supomos que o Ministério Público se baseou em fatos não verdadeiros, equivocados”, disse, em entrevista coletiva nesta terça-feira (4).

Ele ressaltou que, há cerca de 15 dias, uma conselheira do Conselho Estadual de Saúde denunciou que documentos estavam sendo fraudados e o Governo também está levando isso em consideração para tentar saber o que o Ministério Público tem em mãos.

O secretário de Governo, Domingos Sávio, disse que o Executivo respeita o MP, mas não tem intenção de parar o programa e irá recorrer da decisão de suspender o contrato. Ele informou que teve acesso à ação.

Segundo ele, os procedimentos cirúrgicos passam pela fiscalização da empresa 20/20 Serviços Médicos S/S, da Secretaria Estadual de Saúde, da Vigilância Sanitária e da pasta de Assuntos Estratégicos.

“O governo tem muito orgulho de ter tirado 70 mil pessoas da escuridão. Todos os promotores, de todos os municípios que passamos, foram convocados para participar da Caravana”.

Os responsáveis explicaram o funcionamento da Caravana e como se dá o processo para realização das cirurgias. Explicaram ainda o motivo de não haver regulação, exigência do Sistema Único de Saúde (SUS), um dos questionamentos do MP. “Não usamos esse sistema, mas os pacientes são controlados”, disse Arlindo.

Domingos Sávio negou as suspeitas de “cirurgias fantasmas”. Ele disse que existem depoimentos de pessoas que alegam não terem feito cirurgia, mas cujos nomes constam na lista de atendidos pela caravana. Segundo Domingos, no entanto, o governo pagou pelos procedimentos realizados antes da cirurgia, como exames e consultas. “O paciente fez todo processo, mas não fez a cirurgia, por impedimento ou porque desistiu”.

A coletiva à imprensa conta ainda com a presença do assessor da Saúde Wagner Simplício, do secretário de Comunicação, Marcy Monteiro, de uma técnica da pasta de Assuntos Estratégicos e da advogada da empresa 20/20 Serviços Médicos S/S.

Operação Catarata

Alvo da Operação Catarata, deflagrada na segunda-feira (3) pelo Grupo de Atuação Contra o Crime Organizado (Gaeco), a Caravana está sob investigação do Ministério Público Estadual (MPE). Segundo o promotor Mauro Zaque, coordenador do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público, há suspeita de que o governo pagou à empresa 20/20 Serviços Médicos S/S por cirurgias não realizadas.

COMENTÁRIOS

  1. […] A Caravana foi alvo da Operação Catarata, do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), deflagrada em 3 de setembro, que investiga o contrato com a empresa 20/20 Serviços Médicos S/S, responsável pelas cirurgias.  Segundo o secretário de Governo, Domingos Sávio, o contrato com a empresa é de R$ 50 milhões, dos quais R$ 44 milhões já foram pagos. O MPE investiga a suspeita de “cirurgias fantasmas”, entre outras irregularidades. O governo nega as denúncias. […]

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

LINKS PATROCINADOS

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Advogada ajuda e família consegue descarte de feto; laboratório doou o serviço
Estudantes de Várzea Grande devem fazer o recadastramento para uso do cartão escolar
Homem agride esposa por causa de torneira aberta, tem convulsão na viatura e ameaça policiais
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Mesmo com plenário invadido, deputados votam projetos nesta terça
Facão no Estado: governador exonera 96 comissionados, mas nomeia 93; veja listas
Janaina é recebida aos gritos de “governadora” e tenta marcar reunião
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Nelore MT afirma que o setor pecuário não suporta novas taxações
Gosta de uva? Governo reajustou preço mínimo da fruta em 11,96%
Exportações do agro em alta de quase 6% ultrapassam US$ 100 bi
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Hermanoteu na Terra de Godah vai virar filme e estreia em dezembro
Marvel permite que paciente terminal assista novo filme dos Vingadores antes da estréia
Atriz de Bebel de A Grande Família afirma que série brasileira é melhor que Friends
Corrupção Economia Eleições Estados Política
BNDES aprova programa de financiamento coletivo para área da cultura
Linhão de Belo Monte volta a funcionar
Promotores ouvem João de Deus pela terceira vez
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Sine oferece mais de 1.177 oportunidades de trabalho em MT
Em busca de novas oportunidades? Confira 14 concursos públicos abertos
Topa encarar desafios e busca oportunidade de emprego? Tem vaga na Stone Cuiabá
X